The Last – Naruto o Filme estreia dia 28 de maio nos cinemas

O filme The Last – Naruto o Filme estreia dia 28 de maio nos cinemas brasileiros, trazido pela PlayArte, mas uma dúvida surgiu durante à pré-estreia: o filme é para todos?

 Apesar da enormidade que se transformou, Naruto é desconhecido por uma boa parcela de brasileiros. Não só por pessoas que nunca ouviram falar desse mundo ninja, mas também por indivíduos que leram/viram pouco da obra.

 O filme, que comemora o 15º aniversário da obra, se passa entre o penúltimo e último capítulo do mangá, e foi lançado no Japão no final de 2014. É apresentado, logo no início, os acontecimentos que levaram ao tempo histórico em que o filme se passa, seguidos por uma passagem rápida por momentos da vida do protagonista. No tempo atual do filme, Naruto é reconhecido por todos como herói e é até assediado por garotas com frequência, mas sempre as recebendo com aquele jeito inocente e bobo.

 Tudo está calmo, até que descobrem que a Lua está indo em direção a Terra. A situação piora quando Hanabi Hyuuga é sequestrada, então Naruto, Sakura, Sai, Shikamaru e Hinata são escolhidos para resgatá-la, além de tentar salvar o planeta da ameaça. Com essa breve sinopse em mente, vamos ao nosso verdadeiro assunto: uma pessoa que não acompanha a obra conseguiria curtir um filme como esse?

Veja o Trailer:

O filme é muito bem explicado e, mesmo com rápidos flashbacks de acontecimentos, consegue situar o espectador de maneira simples e concisa, tanto para quem já viu a história quanto para os leigos.

Partindo para a parte do tempo “atual” da história, possuímos basicamente dois focos. O primeiro, mais forte, é da relação de Naruto com Hinata. O segundo, talvez um pouco mais secundário, porém bem presente durante o longa, a luta para salvar o planeta da grande ameaça de Toneri Otsutsuki, o antagonista do filme.

Apesar de muita coisa possuir referência para acontecimentos prévios, Otsutsuki é inédito na franquia e é “surpresa” tanto para conhecedores quanto para os novatos no caminho ninja. Desse jeito, ambos os lados ficam confortáveis para descobrir a novidade (mesmo que a prévia já tenha vindo através do mangá).

Podem falar o que quiserem sobre a história ou os personagens, mas as batalhas animam qualquer um! Assim, o espectador recebe três grandes elementos para qualquer tipo de gosto: ação, romance e drama (com menos destaque que as outras). Talvez até comédia, mas em uma carga bem reduzida (comparando com o começo do mangá e do anime).

Naruto não é mais o mesmo garoto de 15 anos atrás, ele cresceu, junto com os fãs, e agora possui responsabilidades imensas que, inclusive, o filme consegue transmitir. Isso não só emociona os fãs como também traz um tom de seriedade para a obra, que leva a um ponto importante não só para o filme como para todo o universo otaku.

Naruto
Naruto

O tom sério do longa faz com que o mito de que “anime é coisa de criança” seja desfeito. Há tristeza, há responsabilidade, há escolhas para serem tomadas, há amadurecimento. Transmitir isso para pessoas que não acompanham nenhum anime ou mangá é incrível, dando um grande passo para que mais animações japonesas possam vir para o Brasil e ter o sucesso merecido.

Ainda há preconceito, mas The Last – Naruto o Filme pode ajudar a diminuir isso. Até porque ele te faz sair do filme de dois jeitos: com sorriso no rosto e/ou com vontade de saber mais sobre a obra. Os pais vão gostar. Os não conhecedores vão gostar. Os fãs vão gostar. The Last – Naruto o Filme é, sim, para todos.

Sobre a experiência em ver nas telonas (e não piratear): os efeitos sonoros e visuais instigam os sentidos e transformam a experiência em algo surpreendente. Ver anime já é algo bom, ver em alta qualidade com todo o luxo que merece então, nem se fala. Acreditem, vale a pena ir ao cinema. E para quem leu até aqui, saiba que tem cenas pós-crédito.

Para quem quiser pegar o espírito do longa, a PlayArte realizará o Festival Naruto, exibindo os doze primeiros episódios de Naruto Shippuden em salas especiais nos dias 16, 17, 23 e 24 do mês de maio. Para mais informações, acesse o link.

Participe! Deixe seu comentário!